Saiba as últimas novidades do projecto de restauração através da nossa Newsletter

Está aqui

A Nossa História

Gorongosa 2018 - Em Português

CYCLONE IDAI - SITUAÇÃO ACTUAL
A nossa equipa continua a trabalhar com os governos local e nacional e outras ONGs internacionais para fornecer ajuda às vítimas do ciclone. Os funcionários do Parque estão a trabalhar de forma árdua para fornecer ajuda de emergência às comunidades vizinhas e garantir que a vida normal retorne ao quotidiano das pessoas o mais rapidamente possível. Até ao momento, mais de 220 toneladas de comida e água, redes mosquiteiras e outros suprimentos foram entregues a quase 40.000 pessoas que perderam tudo devido ao ciclone Idai. Também form distribuídas 2,5 toneladas de sementes de milho e 13 toneladas de sementes de feijão para as comunidades próximas do Parque , para que possam replantar as culturas perdidas por causa da tempestade e das cheias. Obrigado pelos seus donativos que estão a ajudar a fornecer esses alimentos.O Parque reabriu dia 1 de Maio para actividades turísticas. Para mais informações sobre como visitar o Parque, contacte [email protected]. Esperamos vender o café da Gorongosa ainda este ano.
 
A Equipa do Parque está a trabalhar arduamente para providenciar ajuda de emergência às comunidades dos arredores, e assegurar que a vida das pessoas regressa à normalidade o mais depressa possível. Apesar de ainda não termos datas definitivas, prevemos que e Maio o Parque reabra para cientistas, técnicos e trabalhadores humanitários. É esperado que o Turismo seja regularizado no início de Junho. Prevemos ainda dar continuidade à venda de café posteriormente este ano 
 
 
 
O Parque Nacional da Gorongosa (PNG), em Moçambique, é talvez a maior história de restauração da vida selvagem em África: em 2008 foi estabelecida uma Parceria Público-Privada de 20 anos para a gestão conjunta do PNG, entre o Governo de Moçambique e a Fundação Carr (Projecto de Restauração da Gorongosa), uma organização dos EUA sem fins lucrativos. 
 
No dia 25 de Julho de 2016 foi publicado no Boletim da República de Moçambique o despacho de aprovação do Plano de Maneio do PNG para o período 2016-20 e em 6 de Setembro de 2016 o Governo de Moçambique aprovou a extensão por mais 25 anos do contrato de gestão conjunta do Parque Nacional da Gorongosa. A extensão do contrato de gestão foi formalmente assinada em 7 de Junho de 2018.

 

Abordagens

Ao adoptar um modelo de conservação do Séc. XXI, equilibrando as necessidades dos animais selvagens e as pessoas, estamos a proteger e a preservar esta bonita natureza selvagem, devolvendo-a ao seu lugar de direito como um dos maiores parques da África.

 

Estamos a alcançar a nossa missão ao trabalhar nestas quatro áreas principais: 

Conservação: Ao proteger os belos animais e as paisagens da Gorongosa, estamos a garantir que as gerações futuras irão ter a oportunidade de conhecer e visitar este lugar especial.

Comunidades: Ao prestar assistência aos camponeses, e ao implementar programas educacionais e cuidados de saúde, podemos melhorar o bem-estar das comunidades locais, ganhando assim o seu apoio.

Ciência: Ao estudar como todas as partes da complexa teia de vida da Gorongosa se encaixam umas nas outras, podemos tomar decisões informadas sobre conservação e gestão.

Turismo: Ao desenvolver o turismo, estamos a criar empregos para a população local e a gerar receitas sustentáveis para o Parque. Cada hóspede que visita a Gorongosa desempenha um papel vital neste extraordinário esforço de conservação.