Está aqui

Conduzir desde a África do Sul / Maputo

Há quatro travessias de fronteira entre a África do Sul e Moçambique. A passagem principal é a fronteira de Lebombo (conhecida como Ressano Garcia no lado de Moçambique), na N4 (A.S.) / EN4 (Moçambique) que liga Joanesburgo e Maputo.

 

  1. Da Fronteira de Lebombo até Maputo: A partir da principal travessia de fronteira de Lebombo, prossiga durante 80 km na EN4 - uma estrada de alcatrão de alta qualidade – até Maputo. Irá atravessar duas praças de portagem entre a fronteira e Maputo. Existem bastante postos de abastecimento de combustível e restaurantes em Maputo, se precisar de reabastecer-se.
  2. De Maputo a Xai-Xai: Em Maputo, tome a EN1 em direcção a norte e prossiga durante 220 km até Xai-Xai. Na cidade de Xai-Xai encontrará vários postos de abastecimento de combustível, restaurantes, bancos e um mercado central. Se está à procura de um lugar para passar a noite, a bela praia de Xai-Xai dista apenas 12 km da cidade. 
  3. De Xai-Xai a Maxixe: Continue na EN1 em direcção a  norte e prossiga durante 255 km até Maxixe. Maxixe é uma cidade movimentada, com muitas lojas, restaurantes e mercados ao ar livre. Também pode encontrar aqui bancos e postos de abastecimento de combustível. Se está a pensar parar no popular destino da Praia do Tofo, terá de sair da EN1 cerca de 25 quilómetros antes de Maxixe e tomar a En101 (Av. de Maguiguana) e continuar em direcção a Inhambane durante 50 km. Em Inhambane, siga as placas para Praia do Tofo e a estrada vai passar de alcatrão a terra batida/areia à medida que se aproxima do Tofo. Aqui poderá fazer “snorkeling” ou mergulhar com tubarões-baleia e outros seres marinhos tropicais.
  4. De Maxixe a Vilanculos: Continue na EN1 em direcção a norte e prossiga durante 244 km até Vilanculos. Se quer conhecer um das estâncias de praia mais populares em Moçambique, simplesmente saia da EN1 e vire à direita quando vir uma placa assinalando o desvio para Vilanculos. A praia fica a 18 quilómetros da EN1. Aqui pode escolher ficar em uma grande variedade de acomodações - de estâncias de luxo à beira-mar até rústicas pensões para turistas de mochila às costas. Poderá fazer actividades de praia, na costa continental ou fazer passeios de um dia ou pernoitar no Arquipélago de Bazaruto. Este é um bom lugar para se abastecer de combustível e outros suprimentos, porque pode não haver combustível nas postos entre aqui e Inchope. Se pensa ser auto-suficiente na Gorongosa, este é o melhor lugar para fazer compras de supermercado, pois apenas existem mercados locais à volta da Gorongosa.
  5. Vilanculos to Inchope: Volta à EN1e prossiga para norte durante 403 km até Inchope. O primeiro marco importante que irá encontrar é uma grande ponte sobre o rio Save. A estrada de alcatrão para Inchope não está bem conservada em algumas zonas e terá que ter muito cuidado e conduzir devagar para evitar buracos. Irá passar através da pequena cidade de Muxungué onde os vendedores ambulantes vendem legumes e fruta da época. Irá depois chegar à localidade de Inchope, onde os principais eixos rodoviários de Moçambique, a EN1 e a EN6, se, intersectam. Há muitos postos de abastecimento de combustível ao longo do percurso que percorre longitudinalmente o centro de Moçambique, excepto para a estrada entre Vilanculos e Inchope. Esta distância é de aproximadamente 400 km, com poucos postos de combustíveis e onde às vezes o combustível está esgotado.
  6. Inchope to Gorongosa National Parque: Siga em frente, atravessando o cruzamento, e continue na EN1 por mais 42km. Sensivelmente após um quilómetro, no lado esquerdo, existe uma estação de serviço da BP onde poderá abastecer a sua viatura. Assegure-se de encher o depósito porque não há combustível à venda no interior do Parque Nacional da Gorongosa. Ao longo da EN1, irá atravessar a ponte sobre o Rio Pungué – desfrute da vista que é fantástica! Quando vir uma placa assinalando o Parque Nacional da Gorongosa – vire à direita e entre numa picada de terra batida. Continue nesta picada durante 11 km até chegar ao portão de entrada no Parque. Agora irá começar o seu safari! Durante os próximos 18km, tente ver  pála-palas, imbabalas, e macacos até à sua chegada ao Girassol Gorongosa Lodge & Safari. Dirija-se à recepção onde deverá pagar a taxa de entrada e obter informações sobre o Parque.
Mais informação: 
Informação sobre a Fronteira

Se estiver a viajar via praia da Ponta do Ouro no sul de Moçambique, irá cruzar a fronteira em Kosi Bay, na R22. Por favor, note que a Ponta do Ouro só é acessível para veículos 4x4. Há também dois postos fronteiriços que ligam o Parque Nacional Kruger (A.S.) e o Parque Nacional do Limpopo (Moçambique) – Pafuri, passagem de fronteira na S63 e Giriyondo, passagem de fronteira na H15.

 

Em cada fronteira, deverá mostrar o seu passaporte, visto, documentos de registo do carro, e pagar uma taxa de travessia de fronteiras. O seu veículo poderá ser inspeccionado a pedido dos guardas de fronteira. Poderá ter de adquirir um seguro automóvel temporário para cobrir o seu veículo durante a condução em Moçambique.

    Na Gorongosa e ao redor
    • Quando chegar a Chitengo, pela primeira vez, visite a recepção do Girassol Gorongosa Lodge & Safari e a nossa equipa irá acompanhá-lo até às suas acomodações e mostrar-lhe onde encontrar o restaurante, a loja de presentes, e outras instalações.
    • Se está a planificar conduzir o seu veículo na rede de picadas do Parque para fazer o seu próprio safari, deverá ter um veículo 4x4 com uma boa distância do chassis até ao solo. As picadas do Parque pode estar enlameadas e esburacadas em muitas áreas. Carros utilitários não são recomendados para uso dentro da rede de picadas do Parque. Se não tiver um veículo apropriado e quer fazer um safari, existem safaris guiados, de manhã e de tarde em jipes próprios para safaris, com assentos elevados. 
    • Pedimos a todos os visitantes do Parque que cumpram as regras e regulamentos do Parque para a sua própria segurança e protecção da fauna bravia. 
    • Não há combustível ou mantimentos à venda dentro do Parque Nacional da Gorongosa. O Parque tem um restaurante que serve comida e bebidas a partir desde as 06:00 até às 21:00. No restaurante, você pode comprar água engarrafada, refrigerantes, bebidas alcoólicas e pão, mas todos os outros alimentos são vendidos como parte do menu do restaurante. Há uma pequena loja de presentes no Parque, que vende camisetas e outras lembranças do Parque. Todos os outros mantimentos devem ser comprados fora do Parque.
    • O local mais próximo para comprar combustível e mantimentos é a Vila da Gorongosa, a pouco mais uma hora de Chitengo, em direcção a norte na EN1. Poderá comprar combustível no posto de abastecimento a norte da localidade e há um mercado de rua de frutas e vegetais, bem como pequenas lojas onde encontrará alguns mantimentos básicos. A localidade mais próxima é Inchope, em direcção a sul na EN1 e que dista cerca de 1h 30m, onde também poderá comprar combustível e mantimentos em mercados locais. Se está á procura de um grande supermercado, o mais próximo é o ShopRite em Chimoio, a 2 horas de carro, devendo prosseguir para sul na EN1 até Inchope, e em seguida, virar para oeste na EN6.
    • Compre combustível apenas em postos de  que têm uma bomba movida a electricidade. O combustível em outros locais pode estar sujo, ou misturado com água ou outros produtos químicos.
    Viagem através da África do Sul com Crianças

    Há novas regras para as viagens de e para a África do Sul com crianças, que entram em vigor a 1 de Outubro de 2014. Os pais que façam uma viagem internacional com crianças devem ser portadores de uma certidão de nascimento integral (incluindo os detalhes do pai da criança, bem como da mãe) de todas as crianças que viajam. Esta regra aplica-se mesmo quando ambos os pais estão a viajar com os seus filhos e aplica-se quer a estrangeiros quer a Sul-Africanos. 

     

    Quando as crianças estiverem a viajar com os seus tutores ou encarregados​, esses adultos são obrigados a exibir declarações dos pais que comprovem a autorização para que as crianças viajem. É importante que os pais tomem nota que uma certidão de nascimento integral pode levar de seis a oito semanas para ser obtida.