Está aqui

Laboratório Wilson

Laboratório de Biodiversidade Edward O. Wilson

O Laboratório Edward O. Wilson é um laboratório de investigação no Parque Nacional da Gorongosa, um novo e importante centro de actividade científica e educacional em Moçambique. Foi concebido para explorar, documentar e proteger a biodiversidade do Parque Nacional da Gorongosa, bem como para oferecer a estudantes e líderes de conservação em Moçambique, oportunidades de investigação e formação em áreas relacionadas com a biodiversidade. O nome do laboratório foi escolhido em homenagem a um dos maiores campeões mundiais de conservação da biodiversidade, o Dr. Edward O. Wilson que, de alguns anos a esta parte, tem sido a força sinérgica líder que permitiu que muitos cientistas e conservacionistas se unissem e concentrassem energias nos projectos de restauração na Gorongosa.

 

Objectivos do Laboratório E.O. Wilson

  1. Exploração Biológica e Monitoria

    O Laboratório E.O. Wilson realiza pesquisas abrangentes sobre a diversidade biológica do Parque em todas as suas zonas ecológicas, tipos de habitats e comunidades biológicas mais importantes. Estas pesquisas focam-se nos grupos de organismos multicelulares, os quais  são de particular importância para o funcionamento do ecossistema alargado da Gorongosa e para aqueles que alimentam a promessa de descobrir espécies endémicas e espécies novas para a ciência. Os resultados dos estudos e dos projectos de pesquisa exploratória de longo prazo irão criar uma imagem radical, detalhada e dinâmica da vida na Gorongosa e ajudar a orientar os esforços de restauração do Parque Nacional.

  2. A Colecção Sinóptica de Biodiversidade

    O Laboratório irá albergar uma colecção sinóptica permanente de flora e fauna da Gorongosa, a primeira instalação de género numa área protegida da África. O Laboratório irá trabalhar em estreita colaboração com as instituições nacionais de Moçambique para um inventário completo de riqueza biológica do país. Muito em breve, a colecção incluirá instalações moleculares para armazenamento e extracção de DNA, destinadas principalmente ao processamento de material genético propenso a uma rápida deterioração (por exemplo, fezes e outros materiais forense). A principal área de recolha é controlada no que toca à climatização e equipada com um espaço moderno de armazenamento de espécimes botânicos e zoológicos. A recolha dispõe de um sistema de gestão de dados abrangente e de um sistema de rastreamento que inclui a produção de um código de barras físico dos espécimes.

  3. Educação de Conservacionistas Moçambicanos e Especialistas

    O Laboratório tem por objectivo oferecer uma vasta gama de oportunidades educacionais a estudantes moçambicanos e líderes de conservação, como sejam a participação em workshops sobre biodiversidade e temas relacionados com a conservação, participação na actividade diária do laboratório e nas pesquisas biológicas organizadas pelo Laboratório. Além disso, estudantes moçambicanos e líderes de conservação poderão ser parte de uma série de projectos de investigação de longo prazo no Parque Nacional da Gorongosa.

  4. Media e Difusão

    Parte do Laboratório será dedicada à comunicação social e respectiva distribuição, de modo a cumprir a nossa missão de partilhar o conhecimento acerca da biodiversidade com cientistas, estudantes e com o público. O Laboratório irá estabelecer laços com instituições nos EUA e em outros lugares para que possamos envolver os alunos e o público na nossa pesquisa. Através de parcerias na área da comunicação social com museus e instituições de ensino superior, o Laboratório poderá em breve dar a conhecer ao público os cientistas investigadores e o seu trabalho, através de uma estratégia de comunicação continuada.

 

Realizar projectos de investigação na Gorongosa

Por favor, visite a secção Investigadores Prospectivos deste website para encontrar informações sobre o processo de candidatura a projectos de investigação a levar a cabo no Parque Nacional da Gorongosa.

 

No presente momento, o Laboratório E.O. Wilson disponibiliza aos estudantes e investigadores que trabalham com a flora e a fauna do Parque os seguintes recursos: (1) espaço de laboratório com bancos de ensaios, incluindo um banco com mecanismo anti-vibração incorporado para alta ampliação do trabalho microscópico, (2) microscópios estéreo (para dissecação), (3) um congelador de -40 ° C, (4) uma geleira de laboratório; (5) computadores de mesa e uma rede Wi-Fi. No próximo ano, tencionamos adicionar tecnologia de extracção de DNA e de PCR (reacção em cadeia da polymerase).

 

Existem várias opções de alojamento para investigadores e estudantes. Os investigadores de longo prazo poderão usar as cabines (duplas ou individuais) do próprio laboratório. Actualmente, o laboratório tem capacidade para acomodar até 12 pessoas mas verifique a disponibilidade das unidades com alguma antecedência. Girassol, o operador turístico principal na Gorongosa, oferece opções de hospedagem, desde campismo auto-suficiente a cabines individuais com ar condicionado e bungalows familiares de luxo. Visite a secção Onde Ficar deste website para saber mais.

 

Tarifas de Investigação

Informação para breve!