Está aqui

Marc Stalmans. PhD.

Marc Stalmans, PhD.

Director dos Serviços Científicos

 

Eu nasci e cresci no Congo, na África Central. Quando eu tinha 15 anos, a minha família voltou para a Bélgica, onde terminei o ensino médio e fui para a universidade. Depois de me formar como engenheiro florestal e completar um ano de pós-graduação em saúde e produção de animais tropicais, emigrei para a África do Sul em 1984. Desde então, trabalhei em organizações de conservação da natureza e concluí um mestrado em Botânica e um doutoramento em Ecologia da Paisagem.
 
Desde 2001 tenho trabalhado como consultor independente em conservação. Em 2006, pediram-me para avaliar a capacidade de carga dos herbívoros do novo santuário da Gorongosa. Isso levou a vários outros estudos ao longo dos anos, incluindo um mapa das paisagens do Parque. No início de 2012, fui nomeado Director dos Serviços Científicos do Parque.
 
O meu papel é coordenar a pesquisa científica que acontece no Parque, quer pela nossa equipa quer pelos outros cientistas e estudantes. Os resultados destes estudos são utilizados para orientar a gestão do Parque tanto a curto como a longo prazo. Somos uma pequena divisão, mas interagimos com muitos outros cientistas e estudantes, de Moçambique e de outros países. Também aconselho sobre o planeamento do turismo usando informações que colectamos sobre a ecologia e a biodiversidade do Parque para aumentar o turismo, minimizando os impactos negativos sobre o meio ambiente. Outra prioridade é documentar a tremenda biodiversidade do Parque, um esforço que é conduzido pelo Laboratório de Biodiversidade E.O. Wilson em Chitengo. O nosso programa de Educação Científica, destinado a desenvolver a próxima geração de especialistas em biodiversidade e ecologistas Moçambicanos, é uma das nossas áreas prioritárias.
 
Tendo estado envolvido no projecto de restauração desde 2006, passei a apreciar o tremendo dinamismo da Gorongosa e do projecto de conservação. A própria natureza está a fazer um retorno surpreendente! O Parque e sua vida selvagem são extremamente produtivos. A Gorongosa é também um Parque nacional extraordinariamente diversificado, englobando uma vasta gama de habitats desde os picos da Serra da Gorongosa até à bacia do Lago Urema.
 
É um grande projecto para se estar envolvido porque, como equipa, acreditamos no que estamos fazendo. Espero continuar a ver o crescimento do Parque - da sua conservação, dos benefícios do turismo, da melhoria do padrão de vida e da saúde das comunidades vizinhas e do desenvolvimento pessoal e profissional da nossa equipa.