Está aqui

Floresta Tropical

“Apenas entramos na floresta  - e é como se alguém nos tivesse coberto com um cobertor verde. Estamos num mundo completamente novo." - National Geographic Traveller

O aspecto mais espectacular da Serra da Gorongosa é a sua floresta exuberante e verdejante, provavelmente a maior floresta contínua da sub-região afrotrópica, na África Austral. A transição de zona de pasto para floresta acontece abruptamente, a uma altitude de cerca de 500 m na encosta oriental, um pouco mais acima na parte occidental da serra. Depois de uma caminhada do sopé da montanha, debaixo do sol quente Africano, entrar na floresta densa, imponente, traz um alívio imediato. As partes mais baixas da floresta tropical são compostas de árvores tropicais enormes que formam copas fechadas com 20-30 m de altura. Ocasionalmente, uma árvore gigante, conhecida como emergente, poderá perfurar esta camada e extender-se ainda mais em altura. Algumas das espécies dominantes aqui são a “Fluted Milkwood” e a floresta “Newtonia”, cujo tronco é suportado com vastos esteios.

 

O ambiente frio e húmido da floresta tropical da Gorongosa suporta uma flora abundante e rica em musgos e samambaias, que formam um revestimento, verdejante em cada rocha e tronco caído. Pelo menos 104 espécies de samambaias foram registradas na floresta tropical, mas o número de espécies é certamente muito maior. As camadas mais baixas da floresta são dominadas pelo “Dracaena”, uma planta bastante conhecida, que floresce no seu ambiente nativo.