Zoo de Boise leva o Parque Nacional da Gorongosa, em Moçambique, para Idaho, nos EUA

23 Agosto, 2018

Moçambique, África – Há dez anos atrás, o Jardim Zoológico de Boise iniciou uma iniciativa inovadora e tornou-se o primeiro zoo dos EUA a cobrar uma taxa de preservação - uma pequena taxa (50c) paga por cada visitante do zoo que somam milhões de dólares em subsídios de conservação para ajudar a proteger os animais em todo o globo - do Esquilo Terrestre do Sul de Idaho ao Elefante Africano.

 

"Nós transformamos o acto de visitar o zoo numa acção de conservação", diz Steve Burns, Diretor. "O Zoo de Boise agora funciona como uma maneira que as pessoas que amam animais têm para ajudar a protegê-los na natureza."

 

Este ano, o Zoo de Boise está a preparar-se para levar a conservação da vida selvagem para um nível superior, e está prestes a inaugurar uma nova e empolgante exposição que trará a África para Idaho e potencialmente trará milhões de dólares em financiamento para o Parque Nacional da Gorongosa, em Moçambique.

 

Uma campanha de grande sucesso de obtenção de fundos arrecadou quase US $ 9 milhões para pagar a exposição - fundos reunidos de zoos e doadores de Idaho. A exposição de 2,5 acres não apresentará apenas animais locais do Parque, incluindo macacos-cães, inhalas e crocodilos do Nilo, mas também gerará receitas para os programas do Parque em Conservação, Saúde e Educação.

 

O filantropo de Idaho, Greg Carr, em colaboração com o governo Moçambicano, lidera um projecto de conservação e desenvolvimento humano de várias décadas dentro e ao redor do Parque, que tem assistido a um enorme crescimento populacional na vida selvagem desde o início do projecto.

 

Greg Carr juntou-se recentemente ao prefeito de Boise, David Bieter, no zoo, para uma comemoração e para agradecer aos visitantes do Zoo de Boise pela sua contribuição para a conservação global.

 

“Os nossos levantamento aéreos mostram que o número de animais de grande porte aumentou cerca de oito vezes nos últimos dez anos”, disse Carr. “Enquanto isso, nossos programas de agricultura, medicina e educação ajudam mais de 100.000 pessoas que vivem perto do Parque. Estas comunidades tradicionais e o Parque Nacional da Gorongosa partilham o grande ecossistema. Nós vemos isto de forma holística. Se o Parque ajudar as pessoas, elas serão motivadas a apoiar os objectivos do Parque. Isso cria um ciclo de feedback positivo. O apoio que vem de pessoas que visitam o Zoo de Boise ajudou-nos a fazer progressos significativos na restauração de um dos maiores tesouros da África e de um dos parques com maior diversidade biológica da Terra.”

 

 

 A vida selvagem está a recuperar no Parque Nacional da Gorongosa - Imagem cedida por Jen Guyton

 

 

Foto da capa: - Representação arquitectónica da futura Exposição da Gorongosa no Zoo de Boise

 

Para mais informações sobre o Zoo de Boise e a sua exposição em Gorongosa, visite:

https://boisedev.com/news/2017/4/25/zoo-boise-expansion-downtown-julia-davis-park

http://www.kivitv.com/news/philanthropist-greg-carr-helps-zoo-boise-expansion

https://zooboise.org/conservation/conservation-fund/

https://zooboise.org/new/

Categoria: 
Park News